coisasdobrasil

/coisasdobrasil

About coisasdobrasil

This author has not yet filled in any details.
So far coisasdobrasil has created 18 blog entries.

Escolas Incríveis

Assim como os ambientes de trabalho, as escolas e o processo de aprendizagem estão passando por mudanças!

Com mais frequência é possível notar escolas com sistemas e métodos de ensino diferenciados. Tais mudanças são resposta de uma longa avaliação de filósofos, educadores e psicólogos sobre o método tradicional de ensino. Este sistema convencional: professor, aluno, provas e trabalhos, muitas vezes, não traz à tona o melhor de cada estudante.

Existem diversas metodologias que estão se espalhando e mudando o contexto de educação ao redor do mundo! Independente do sistema, todas elas tem algo em comum: Mobiliário que permite a interação entre as crianças. Esta interação é tem como objetivo incentivar o aprendizado, a solução de problemas em equipe e estimular a curiosidade.

Separamos algumas fotos de escolas incríveis para você conferir o futuro da educação e se inspirar, veja:

VITTRA SCHOOL – Projeto: Rosan Bosh

escolas-incriveis-vittra-school 2

escolas-incriveis-vittra-school

escolas-incriveis-vittra-school3

escolas-incriveis-vittra-school4

escolas-incriveis-vittra-school5

escolas-incriveis-vittra-school6

escolas-incriveis-vittra-school7

escolas-incriveis-vittra-school8

escolas-incriveis-vittra-school9

escolas-incriveis-vittra-school10

escolas-incriveis-vittra-school11

LICEO EUROPA – Projeto Rosa Bosch

escolas-incriveis-liceo-europa6

escolas-incriveis-liceo-europa5

escolas-incriveis-liceo-europa4

escolas-incriveis-liceo-europa3

escolas-incriveis-liceo-europa2

escolas-incriveis-liceo-europa

THE FENSMARK SCHOOL – Projeto: Rosan Bosch

escolas-incriveis-the-fensmark

escolas-incriveis-the-fensmark2

escolas-incriveis-the-fensmark3

escolas-incriveis-the-fensmark4

 A Coisas do Brasil é entusiasta de projetos inovadores! Topamos desafios e adoramos a relevância que os mobiliários tem em projetos incríveis!

Espero que tenham gostado. Até a próxima!

Carol

By | 2017-12-05T15:37:36+00:00 agosto 4th, 2017|Curiosidades|0 Comments

Invista em um ambiente bonito e confortável: Faz parte do valor agregado do produto!

Cada vez mais os consumidores estão críticos e exigentes, pois existe muita oferta de restaurantes, bares e lanchonetes no mercado. Como exemplo observe as fotos de 2 hamburguerias:

       Booth Corrido | Buger Lovers

Preço médio dos combos nas duas hamburgueria: 25,00 – 30,00

Em qual hamburgueria você prefere ir com seus amigos?

Quando o cliente está procurando um local para fazer uma refeição, seja fast food, self service ou a la carte, há uma série de pontos a serem levados em consideração:

1) Preço

2) Qualidade

3) Distância, facilidade em estacionar ou valor de estacionamento

4) Ambiente

Tenho reparado que, seja em uma rede fast food ou em uma hamburgueria artesanal, os preços dos produtos são muito parecidos. Claro que cada estabelecimento tem o seu público e tem seu momento. Costumo brincar e dizer que “tem dias que eu quero pizza e tem dias que eu quero pizza pan”. Para mim são coisas completamente diferentes ainda que muito parecidas! Qualidade pode ser algo bem particular!

Mas existe um item que tem se tornado unânime é: todos gostamos de ser bem atendidos e estar em um local limpo, organizado e bonito!

Por isso, como dono de um estabelecimento, investir em um local bonito faz parte do valor agregado do produto! Lembre-se que um ambiente bonito e confortável é sim decisivo para que o cliente volte e traga novos clientes!

Na hora de investir em mobiliários faça a escolha certa:

1) Conheça o produto! Atenção na qualidade, no prazo de garantia e assistência. (Confira aqui um guia completo sobre sofá booth.)

2) Pense e repense no Layout! (Confira aqui algumas dicas sobre layout.)

Pense a respeito e comente!

Até a próxima.

Carol

By | 2017-12-05T15:38:53+00:00 julho 21st, 2017|novidades|0 Comments

3 Dicas de Layout para tornar seu restaurante ou bar confortável e sofisticado sem perder lugares!

Eu quero um ambiente mais sofisticado e confortável, mas não posso perder lugares e, por conta deste dilema eu não consigo evoluir no meu layout!

Calma! Se esta é sua grande dúvida saiba que você não está sozinho! Ufa!

Diversas vezes o proprietário sente a necessidade de melhorar o ambiente do seu restaurante, bar ou lanchonete para torná-lo um ambiente mais acolhedor, confortável e sofisticado. No entanto essa não é uma missão fácil! Ao mesmo tempo em que é necessário dar conforto, não é possível abrir mão de lugares, afinal quanto mais pessoa acomodadas, melhor é a rentabilidade da casa!

Claro que com a ajuda de um profissional é possível criar soluções boas e inusitadas para o local, porém nem sempre há recursos para contratar um arquiteto ou designer. Pensando nisso, segue 3 dicas que você, como proprietário, deve considerar na hora de escolher o layout do seu bar ou restaurante:

1) Nichos podem engessar mais o seu espaço.

Booth Capitonee | Due Couchi

A configuração em nicho — booth + mesa + booth — é muito confortável e sofisticada. Esse tipo de configuração dá uma sensação de privacidade para o grupo e, em geral, o cliente permanece mais tempo no estabelecimento. No entanto, em restaurantes e bares que não tem uma recepcionista/hostess pode ser um problema. Isso porque, se apenas duas pessoas sentaram em um nicho que acomoda até 4 pessoas, dois lugares deixarão de ser ocupados.

2) Booths Lineares podem ser mais flexíveis

Booth Casual | Rubi Wine Bar

 

A configuração do booth em forma linear pode ser um meio termo! Conforme o grupo de clientes chegar é possível juntar ou separar mesas, desta forma você evitará ter lugares inutilizados. A sensação de privacidade é menor e apenas uma parte do grupo estará acomodada no sofá, porém ainda sim é possível tornar o local sofisticado e acolhedor.

3) Mesclar pode ser uma boa ideia!

Se o seu espaço comportar uma mescla dos layouts – nicho, linear e mesas com cadeiras – pode ser uma excelente ideia! Desta forma você atenderá os diferentes perfis de clientes! Caso o seu estabelecimento não comporte essa mescla nossa recomendação é analisar o perfil do seu público e entender o que ele está buscando. Algumas perguntas que você deve ter em mente:

  • – Meu restaurante/bar serve refeições rápidas ou serve refeições a la carte?
  • – Tenho mais clientes no almoço ou no jantar? São perfis diferentes? Qual o ticket médio do almoço? E do jantar?
  • – Quanto tempo em média o meu cliente fica no meu restaurante/bar no almoço? E no jantar?
  • – Qual o perfil do meu cliente? Grupos? Casais?
  • – Para os estabelecimentos que atendem polos empresariais: meus clientes vêm almoçar aqui com frequência ou geralmente vem para confraternizações e happy hours?

Esse equilíbrio entre conforto e otimização de lugares é muito importante, pois isso irá fidelizar o seu cliente e fazer com que ele retorne ao seu restaurante, bar ou lanchonete! Por isso, responda várias vezes essas perguntas, até que você tenha certeza qual é o melhor layout para o seu estabelecimento.

Espero que tenham gostados das dicas!

Até a próxima =)

Carol


 

Layout Nicho – Due Cuochi por Ana Luiza do Amaral. Booths Capitonee fabricados pela Coisas do Brasil.

Layout Linear – Rubi Wine Bar. Booths Casual fabricados pela Coisas do Brasil.

 

 

By | 2017-12-05T15:42:31+00:00 julho 14th, 2017|Dicas, novidades|1 Comment

Guia Completo: Tudo sobre sofá booth

Pensando em você, nosso cliente, desenvolvemos um guia completo sobre sofá booth!

São informações técnicas, porém explicadas de forma simples e objetiva. Os sofás booths são confortáveis e versáteis! São ideais para refeições e cada vez mais fazem parte de projetos em ambientes corporativos, pois são ideais para reuniões informais e bate papos.

Se você precisa valorizar seu restaurante, lanchonete, bar ou padaria encontrará um monte de informações úteis de como você poderá incluir o sofá booth no seu espaço e quais as vantagens de cada tipo de layout.

TGI Fridays

Projeto TGI Friday’s | Cidade Jardim | Booths desenvolvidos por Coisas do Brasil

 

Se você quer criar um ambiente colaborativo, motivar seus funcionários e facilitar o fluxo de informações com reuniões rápidas e informais você também  encontrará muitas dicas e informações úteis! Os booths são versáteis, funcionais e, além disso, contribuem para um ambiente de trabalho mais bonito!

Blog 2

Projeto TGS | Informov | Booths desenvolvidos por Coisas do Brasil

 

O que você irá conferir neste guia:

– Conhecerá as possibilidades de layout,

– Saberá as medidas para adequar os booths ao seu ambiente,

– Aprenderá como avaliar a qualidade do produto e

– Conferirá muitas fotos inspiradoras para te ajudar!

Clique aqui e acesse o guia completo!

Espero que gostem!

Até a próxima.

Carol

By | 2017-12-05T15:46:12+00:00 julho 3rd, 2017|Dicas, novidades|2 Comments

4 DICAS PARA MONTAR UM LABORATÓRIO DE INOVAÇÃO

4 DICAS PARA MONTAR UM LABORATÓRIO DE INOVAÇÃO

Para garantir a competitividade, as empresas estão em busca de inovar constantemente de forma rápida e assertiva. É por meio de técnicas e ferramentas de gestão da inovação de produtos e processos que as corporações tem incentivado o processo criativo de inovação. Desta forma surgiu a necessidade de criar espaço adequados para inovar.

Os chamados Laboratórios de Inovação são ambientes que estimulam a colaboração, experimentação e criatividade. De acordo com o relatório PSFK  “Construindo o Amanhã – Tendências Dirigindo o Futuro do Design”, arquitetura e design desempenham um papel importante na construção de conexões no local de trabalho.

Para isso o mobiliário deve ser bem diferente de um escritório comum.

  1. O laboratório de inovação deve ser amplo para que o grupo consiga interagir entre si e com o ambiente;
  2. Deve estimular a criatividade por meio de mobiliários flexíveis, coloridos e funcionais que criam a sensação de dinamismo e capacidade de adaptação a diferentes contexto;
  3. Deve haver quadros e paredes abertos para facilitar a partilha de ideias;
  4. Post its, lousas, canetas, giz… devem estar a disposição para facilitar a troca de ideais de forma visual.

 

Pensando nisso a Coisas do Brasil desenvolveu uma linha exclusiva de mobiliários flexíveis, versáteis e coloridos focada em atender as necessidades dos Laboratórios de Inovação, Open Offices e Coworkings. Confira abaixo:

CONJUNTO MODULAR | MONDRIAN

– 2 módulos de encosto e 3 módulos de assento

Puff Modular | Cubos

Puff Modular | Cubos

Puff Modular | Cubos

Puff Modular | Cubos

Puff Modular | Cubos

Puff Modular | Cubos

CONJUNTO MODULAR | TRIÂNGULO

– Um módulo sofá, um módulo puff trapézio, um modulo puff triângulo.

Triangulo3

Triangulo4

Triangulo1

Triângulo Booth

PUFF CANVAS

Puff Canvas

Puff Canvas

Puff Canvas

CONJUNTO MODULAR | HEXÁGONO

– Um módulo encosto e um módulo assento

Hexágono

Hexágono

O ponto mais importante na hora de planejar um Laboratório de Inovação é lembrar que este espaço está sendo construído para as pessoas. Sendo assim, cada empresa deve olhar as necessidades dos seus funcionários e alinhar com a sua estratégia de crescimento e inovação. Cada laboratório é único!

A Coisas do Brasil é especialista em desenvolver projetos sob medida. Conte conosco para tornar seu projeto realidade!

Espero que você tenham gostado das dicas.

Até a próxima.

Carol


Fonte: http://blog.mjv.com.br/

By | 2017-12-05T15:59:21+00:00 Abril 11th, 2017|Dicas, novidades|0 Comments

Dicas para planejar um escritório

Planejar um escritório vai muito além de mesas e cadeiras. O escritório deve oferecer o máximo de conforto para que gere satisfação e produtividade aos colaboradores. Para isso é necessário planejar cada espaço adequadamente garantindo o melhor aproveitamento do ambiente.

Claro que cada escritório tem a sua necessidade! Mas separamos aqui algumas dicas de planejamento para que você saiba quais itens são fundamentais e não podem ser esquecidos.

CONFORTO

  • Luzes / Iluminação

    • Aproveitar toda a luz natural é uma ótima opção, pois ela é confortável para a vista e proporciona a diminuição de gastos com energia elétrica. A luz artificial deve ser confortável e garantir uma boa iluminação em todos os ambientes do escritório.
  • Climatização

    • O clima abafado e com pouca circulação de ar atrapalha muito a produtividade. A medida em que o corpo retém o calor a pessoa começa a perder a sua capacidade de concentração. Por este motivo a temperatura agradável é essencial no ambiente de trabalho.
  • Automação

    • Computador, notebook, tablet e celular são essenciais para o dia a dia de trabalho. Para isso é necessário ter tomadas adequadas, cabos para conexão, internet wi fi, etc. Todos esses recurso facilitam e otimizam o fluxo de trabalho.
  • Isolamento acústico

    • Para garantir que os colaboradores consigam se concentrar e ficarem atentos em sua tarefa, é fundamental o conforto acústico. Para isso alguns materiais devem ser escolhidos estrategicamente como: o uso de carpete, de materiais fonoabsorventes em móveis, baias e paredes, pois são ferramentas que servem para atenuar o som refletido.
  • Ergonomia

    • Cadeiras, mesas, computadores, mobiliários confortáveis e adequados para as atividades que serão exercidas é fundamental. Funções diferentes exigem mobiliários e níveis conforto diferentes, por exemplo, um designer gráfico precisa de um monitor de computador maior do que alguém que não exerce esta função. Ajustes adequados de altura, apoios, manter a coluna reta, são pontos importantes para garantir conforto e produtividade no local de trabalho.

MOBILIÁRIO

  • Ambientes Flexíveis

    • Escolher mobiliários que tornam o ambiente flexível pode auxiliar em uma possível reorganização do escritório. Escritórios muito compartimentados dificultam mudanças e adequações. 
  • Salas de Reunião

    • Salas de reunião são importantes para momentos que exigem privacidade e concentração. São utilizadas para receber clientes e reuniões em equipe. A quantidade de salas varia de acordo com o número de funcionários e com a frequência de uso. Se o escritório é mais informal, tende a ter menos reuniões.
  • Cor, Forma, Qualidade e escolha de Materiais

    • Durante o processo de escolha de materiais e acabamentos é importante levar consideração os valores da empresa, pois  uso adequado dos materiais irá facilitar a comunicação dos valores no dia a dia do escritório. Sendo assim, cores, formas e até a qualidade dos materiais são aliados para que a empresa externalize sua visão e missão.

ORGANIZAÇÃO

Além disso é importante ter espaços exclusivos para:

  1. Área para arquivamento
  2. Área de espera
  3. Área de impressão e cópia
  4. Corredores amplos para circulação
  5. Área para alimentação
  6. Banheiros

Se você precisa de um projeto assertivo, recomendamos procurar uma empresa de arquitetura corporativa. Isso porque um bom planejamento e um ótimo projeto irão garantir as soluções adequadas para o seu escritório!

Esperamos que as dicas sejam úteis e possa tornar seu escritório um local confortável e produtivo!

Até a próxima. Carol


Obs.: A Coisas do Brasil é especialista em desenvolvimento de mobiliário sob medida. Nossos estofados são desenvolvidos de acordo com a necessidade de cada cliente. Para projetos especiais, consulte-nos!

Fontes: Casa 3, Fórum da Construção

By | 2017-12-05T16:19:13+00:00 dezembro 12th, 2016|Dicas|0 Comments

Inauguração The Clubhouse | Indoor Golf Center

PARA OS AMANTES DO GOLF, INAUGURA NO CORAÇÃO DO JARDINS, EM SÃO PAULO, O PRIMEIRO INDOOR GOLF CENTER DO BRASIL: RUA BARÃO DE CAPANEMA, 559.

Dia 04 de agosto inaugurou no coração do jardins o primeiro simulador indoor de Golf do Brasil. Um lugar sofisticado, perfeito para aulas de golfe com professor particular, locação de simuladores para reuniões sociais ou negócios.

O simulador reproduz o movimento do jogadore m slow motion e mais de 2000 sensores na plataforma analisam o equilíbrio, distribuição de peso entre as pernas, pressão sob os pés, e postura corporal do aluno durante o swing. Tecnologia utilizada nos mais modernos centros de treinamento do mundo e fundamental para a compreensão das necessidades de cada aluno.

O local conta com um bar e restaurante que oferece aos clientes sofisticação e praticidade e uma seleção especial de vinhos, cervejas e drinks para que sejam aproveitados no espaço ou durante o jogo.

O The Clubhouse dispõe de infraestrutura única e oferece diversas possibilidades que podem ser customizadas para o seu evento: Corporativos • Happy Hours • Aniversários • Campeonatos.

Informações podem ser solicitadas no telefone 11 3061 0891 ou através do site.

Este lindo projeto assinado pela arquiteta Drielly Nunes que nos desafiou a fazer estofados sofisticados, exclusivos e confortáveis para um público exigente.

Adoramos o resultado do projeto! 

Confiram as fotos:

The ClubHouse

The CubHouse

The CubHouse

The CubHouse

The CubHouse

The CubHouse

The CubHouse

Espero que vocês tenham gostado! Nós adoramos!

Até a próxima. Carol


 

Fotos: Tabata Monteiro

By | 2017-12-05T16:01:38+00:00 agosto 5th, 2016|Events|0 Comments

6 dicas para projetar sua sala de jantar, restaurante ou escritório

6 dicas para projetar seu negócio

Ao projetar um espaço – sala de jantar, restaurante, refeitório ou escritório – é fundamental utilizar a antropometria para definir a dimensão dos mobiliários que serão utilizados.

 Antropometria são registros das medidas do corpo humano e, ao aplicá-los em um projeto, o espaço projetado será melhor adequado ao usuário. Desta forma, a antropometria deve ser vista como um aliado para proporcionar mais conforto e ergonomia.

Para ajudá-lo em seu projeto separamos algumas medidas padrão que deixarão o seu ambiente muito mais confortável:

 

  1. Uma pessoa sentada na cadeira ocupa um espaço de 60 cm de comprimento no mínimo. Se você deseja acomodar duas pessoas lado a lado, são necessários, no mínimo, 1,20 metros de comprimento.
  2. A largura da mesa pode variar de 60 cm a 1,10 metros.
  3. Para mesas redondas use a seguinte fórmula: diâmetro X 3,14 (pi)/60 cm e assim você saberá quantas pessoas é possível acomodar na mesa. Ex.: 80 cm X 3,14 /60 cm = 4,18, ou seja, em uma mesa de 80 cm de diâmetro é possível acomodar 4 pessoas confortavelmente.
  4. Para garantir uma boa circulação é necessário deixar 90 cm para passagem + espaço da cadeira. Sendo que, se essa passagem for um corredor de serviço, é recomendado que esse espaço seja maior.
  5. Para espaços pequenos os sofás booths podem ser uma boa alternativa, pois eles ficam estáticos, sendo assim não é necessário provisionar espaço para colocá-lo para frente ou para trás.
  6. Altura recomendada para mesas: refeição = 75 cm de altura e bistrô = 1,10 m de altura.

 

Lembre-se que todas essas medidas são referências e deve ser levado em consideração a finalidade do local e o conforto que deseja dar ao usuário.

Em geral, em nossas casas gostamos de ter o máximo de conforto.  Já em alguns restaurantes – principalmente aqueles de rápida circulação – é estratégico não deixar o cliente tão confortável assim!

Vale a pena usar e abusar da fita crepe! Marque o chão e simule situações, desta forma você minimizará a possibilidade de erro.

Espero que essas dicas possam te ajudar!

Até a próxima.

Carol

By | 2017-12-05T16:04:10+00:00 julho 27th, 2016|Dicas, novidades|0 Comments

5 dicas para montar um restaurante

5 dicas para montar um restaurante

De acordo com a pesquisa divulgada pela ASSERT a alimentação fora de casa — que inclui lanche, almoço, por exemplo — teve um aumento significativo nos últimos 10 anos.

Na pesquisa realizada em 51 municípios, sendo 23 capitais, o valor médio gasto pelo brasileiro com alimentação em 2015 é de R$ 27,36. Para a construção do valor médio foi considerado: média geral dos preços de prato, bebida, sobremesa e café.

Observando esta oportunidade, muito empreendedores veem o ramo de alimentação como um bom investimento. No entanto, para montar um restaurante é preciso um bom plano de negócios, uma vez que esse mercado exige versatilidade, adaptação às novidades e, além disso, a concorrência é alta.

A seguir 5 dicas para ajudá-lo a elaborar um bom plano de negócios para montar o seu restaurante:

1. SALÃO DE REFEIÇÕES

O salão de refeições deve ocupar cerca de 60% da área total do restaurante. Para se ter um espaço que acomode confortavelmente os clientes, deve-se estabelecer um parâmetro equivalente a 20 mesas para cada espaço de 100m², sem colunas ou obstáculos.

2. COZINHA

A cozinha, onde são elaborados os pratos do cardápio, devem ocupar, em média, 25% do espaço total. Vale lembrar que, antes da execução do projeto, é importante consultar a legislação Municipal e Estadual porque em cada estado e município existem particularidades.

A localização da cozinha deve ser estratégica: não deve estar muito próxima ao salão de refeições para evitar calor, e o barulho característico do local e odores. Além disso, precisa ter ligação com as outras dependências, tais como despensa, câmaras frigoríficas, depósitos, etc.

3. DIFERENCIAIS

Sabendo que a concorrência é grande neste mercado, é imprescindível oferecer aos seus clientes diferenciais no serviço oferecido. Desta forma você agregará valor ao seu produto e fidelizará seu cliente.

Exemplos:

– Composição dos pratos e informação nutricional;

– Pratos para pessoas com intolerância ao glúten ou lactose;

– Pratos para veganos ou com preferência a alimentação natural;

– Pratos com comida regional;

– Espaço de descanso com poltrona ou rede;

– Água, chá e cafezinho.

4. ESTACIONAMENTO

Trata-se de um serviço muito requisitado pelos clientes e pode ser determinante no processo de escolha do restaurante. O empresário pode realizar convênios com estacionamentos próximos, ou contratar serviços de manobristas.

5. PROFISSIONAL

Muitas vezes o empresário consegue um ponto muito bem localizado, mas o imóvel tem restrições físicas. Há também situações que o empresário deseja oferecer um serviço diferente daqueles que existem na região, e, por isso, o planejamento de layout e decoração devem ser escolhidos com muita atenção.

Para essas situações, e muitas outras, é recomendável a contratação de serviços profissionais de um arquiteto. Um projeto específico será elaborado de acordo com as necessidades do empresário e o local escolhido.

 

Espero que você tenham gostado das dicas.

Até a próxima.

Carol


Para mais informações: Sebrae e Assert.

 

By | 2017-12-05T16:04:51+00:00 Abril 6th, 2016|Dicas, novidades|0 Comments

Projetos Corporativos: Open Spaces, Mobiliário Funcional e Environmental Design

A arquitetura e decoração tradicional saem de cena e abrem um leque de oportunidades para os ambientes corporativos. Identificamos algumas tendências de projetos para empresas. Confira a seguir:

 Ambientes abertos ou open spaces

Esse tipo de arquitetura, desenvolvida na Alemanha na década de cinquenta, contrariou o modelo tradicional ao derrubar as paredes e eliminar as barreiras físicas. Os funcionários foram divididos em grupos de trabalhos facilitando a comunicação, integração e colaboração entre equipes. Rompeu-se a rigidez hierárquica e aumentou-se a produtividade.

Alguns benefícios dos ambientes abertos são: menor custo e maior versatilidade; valorização da espontaneidade, criatividade e do espírito colaborativo; agilidade no fluxo de informações; clima descontraído e soluções personalizadas de acordo com a cultura e valores da empresa.

Do ponto de vista psicológico, os espaços abertos, amplos e arejados geram transparência e transmitem tranquilidade ao trabalhador. Desta forma, a arquitetura do escritório pode impactar muito no dia-a-dia da organização e no nível de satisfação e engajamento de seus funcionários.

 Mobiliários funcionais

Os mobiliários neste tipo de ambiente corporativo passam a agregar mais funções além de dar personalidade para o escritório. Através de um estudo em que as reais necessidades somada a cultura da empresa serão avaliadas, é possível transformar o ambiente de trabalho em um local que gere resultados efetivos.

Alguns exemplos de ambiente e mobiliário multi-funcionais são:

 1) Espaços para Reuniões

As tradicionais salas de reuniões são substituídas por nichos compostos por sofás e mesa com conectividade.

Mobiliario-Corporativo-Coisas-do-Brasil-2

Ou ainda podem ser substituídas por mobiliários que criam esse ambiente de concentração.

Mobiliario-Corporativo-Coisas-do-Brasil

2) Áreas comuns diferentes das tradicionais

Mobiliario-Corporativo-Coisas-do-Brasil-4

 

Molbiliario-Corporativo-Coisas-do-Brasil-3

3) Mobiliários e Recursos estimulam a criatividade

Ambientes que estimulam a colaboração e a produção de conhecimento de forma imaginativa são tendência também. Nas famosas salas de brainstorming é sempre possível encontrar mural, quadro, lousa, post it, puffs, bolas de pilates, etc. O ambiente descontraído tem o objetivo de soltar a imaginação, então através destes recursos e mobiliários é possível estimulá-la!

Mobiliario-Corporativo-Brainstorming

Fonte: AOL Offices

 

Imagens, adesivos e outros elementos super personalizados que contam histórias

Também conhecido como Environmental Design. Esta ferramenta vai além da estética, as paredes, chão e outras superfícies são utilizados para dar propósito ao papel das pessoas que ali trabalham. Através desta comunicação visual busca-se valorizar e demonstrar orgulho e respeito por aqueles que fazem ou já fizeram parte da equipe.

design-corporativo-3

Fonte: Shop Kola

 

Gostou dessas idéias? Quer saber mais?! Entre em contato conosco!

A Coisas do Brasil esta sempre em busca de parceiros e soluções para seu negócio!

Conheça nossos mobiliários para ambientes corporativos aqui!

Até a próxima.

Carol


 Fonte:

– As fotos com a marca da Coisas do Brasil tratam-se de projetos realizados em parceria com a Informov Engenharia + Arquitetura. 

– Aol Offices, Shop Kola e Pinterest

By | 2017-12-05T16:05:37+00:00 Janeiro 19th, 2016|Curiosidades, novidades|0 Comments